Instalação de painéis fotovoltaicos: 5 pontos para você cuidar depois de instalar

783 Views

Você enfim decidiu instalar painéis fotovoltaicos, após ler, se informar e pesquisar você entendeu o quão benéfico pode ser uma instalação de um sistema de energia fotovoltaico na sua casa ou na sua empresa e o quanto isso representará em economia na conta de luz.

A energia solar fotovoltaica exige pouquíssimos cuidados, mas é sempre preciso estar atento aos pequenos detalhes e que podem fazer a diferença na questão de custos.
Por isso, listamos 5 pontos cruciais para você ficar atento após a instalação do seu sistema de energia fotovoltaica. Confira:

1 – Quanto de energia seus painéis estão gerando:

Após instalar os seus painéis de energia, você pode acompanhar através do painel do inversor (são equipamentos que transformam a corrente contínua em corrente alternada)  o quanto de energia eles estão gerando. Outro modo de acompanhar a geração de energia é acompanhar de forma remota. Alguns dispositivos oferecem suporte a Internet e é possível configurar aplicativos para o monitoramento. Assim você conseguirá acompanhar o desempenho do seu sistema.

2 – Olho na conta de luz

É fundamental acompanhar a geração do seu sistema de energia fotovoltaica, mas é ainda melhor receber a conta com apenas a taxa da operadora de energia elétrica e o quanto isso representa nas suas finanças. Mas você deve ficar muito atento, como é uma novidade a implementação da energia fotovoltaica, algumas empresas ainda têm dificuldade em fazer a leitura correta ou emitir as faturas, então fique ligado.

3 – Fique ligado nas manutenções periódicas
O sistema fotovoltaico tem uma garantia de muitos anos e uma enorme durabilidade, mas mesmo assim é necessário pequenas manutenções, como, por exemplo, a cada 6 meses é necessário uma limpeza nos painéis e também é importante conferir os cabos.
É importante procurar uma empresa qualificada para realizar essas manutenções nos seus equipamentos.

4 – Preste atenção no seu consumo

Quando você instala o seu sistema, você dimensiona ele a partir dos seu consumo médio e algumas pessoas acabam se despreocupando e consumindo bem mais do que antes, isso acaba gerando mais gasto que será cobrado na conta de energia.

Você tem que estar ciente que se você consumir mais energia do que gerar, em meses em que a incidência de sol é menor, você terá um custo relacionado a esta diferença, sendo assim o seu investimento pode não ser o mesmo que foi planejado.

5- Tenha em mente que é possível ampliar o sistema

Caso você aumente o seu consumo ou isso seja necessário, aumente também o seu sistema, para assim continuar gerando mais energia. Outra coisa importante é que com um sistema maior, você pode gerar energia para outros endereços, desde que esteja vinculado ao seu nome.

 

Deixe seu comentário!